Você sabe tomar decisões inteligentes?

voce-sabe-tomar-decisoes-inteligentes.jpgPara tomar decisões inteligentes, que favoreçam e conduzam a sua carreira pelo caminho do sucesso, é necessário ampliar os limites da sua consciência. Aprender a localizar um número maior de informações úteis pode ser de grande ajuda para conseguir decidir com inteligência.

Decisões inteligentes favorecem a vida profissional

Aprender a visualizar, procurar, usar e compartilhar ações pode favorecer as decisões inteligentes. Por mais preparado que esteja, é comum que, em certas ocasiões, ocorram falhas irremediáveis. Sabendo disso, é preciso tomar alguns cuidados para evitar essas falhas. Veja 4 dicas que podem favorecer a sua carreira:

  1. Visualizar: Conheça seus objetivos, saiba o que realmente está buscando e reconheça todos os riscos envolvidos nos projetos. Sempre observe com atenção todas as áreas para conseguir evitar riscos.  Se estiver complicado observar, contrate o serviço de uma pessoa externa, um consultor ou peça ao grupo para lhe apresentar seu ponto de vista.
  2. Procurar: Alguém na equipe deve visualizar as questões que podem ser contra o projeto, fazendo o papel de “chato” ao questionar tudo.  Essa é a única forma de evitar falhas. Use estratégias específicas para procurar erros e problemas que possam atrapalhar as decisões.
  3. Usar: Quando a situação envolver dados, extraia todas as informações possíveis e deixe-os acessíveis às demais pessoas envolvidas no projeto. Decisões inteligentes são baseadas em informações que, muitas vezes estão disponíveis dentro da organização, por isso, saiba utilizá-las.
  4. Compartilhar: Abra espaço para que todos os envolvidos conheçam as informações e os pontos de vista diferentes do projeto. Dessa forma, é possível minimizar os riscos de erros. Use ferramentas e faça reuniões que facilitem o compartilhamento de idéias e sugestões para tomar decisões inteligentes e conseguir um melhor resultado.

Evitando erros

Ao lidar com uma nova situação, devemos tentar identificar padrões e reconhecer as situações para evitar tomar uma decisão equivocada. A inteligência emocional deve entrar em ação, evitando assim que as decisões fujam da razão e do que é realmente sensato.

Observe sempre quais foram seus erros e padrões utilizados em decisões parecidas ou que deram errado e procure corrigí-los.

Parte das decisões que tomamos e a maior parte do nosso trabalho mental acontecem inconscientemente. Para favorecer as decisões inteligentes, mantenha a calma e reflita bem sobre cada tomada de decisão. Não deixe seu cérebro agir em modo automático.  Considere todas as alternativas possíveis antes de partir para a decisão final.

Cada profissional, além de caminhar de acordo com as estratégias corporativas, deve ter a sua própria estratégia de crescimento, baseada nos seus objetivos profissionais. Sempre  que possível, observe e antecipe as situações. Conhecer bem a estrutura corporativa e alinhar com as suas estratégias de crescimento ajuda as decisões inteligentes e evita problemas no futuro.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*