Valor compartilhado: comprometimento social

valor-compartilhado-comprometimento.jpgOrganizações que desenvolvem ações sociais criam um valor compartilhado que interfere de forma positiva na motivação e nos resultados finais. Inovar é importante para atender um público que tem desejos. Diante de um cenário competitivo, a criação do chamado valor compartilhado pode ser um diferencial para a empresa.

Elementos que reforçam o valor compartilhado

Os gestores precisam despertar para o fato de que os clientes buscam algo a mais do que apenas um produto que atenda a sua expectativa. Os problemas sociais agora fazem parte da estratégia de algumas empresas que buscam o crescimento através de grandes oportunidades.

Implantar um sistema que use um conceito de valor compartilhado é uma dificuldade para muitas empresas. Existem vários modelos que estão sendo utilizados pelas organizações para a entrega de benefícios sociais e valor de negócios. O ideal é que as empresas busquem um modelo que seja adequado ao seu negócio de acordo com o equilíbrio, contexto e estratégia.

A incorporação de um propósito social deve ser analisada pelos líderes, que devem decidir sobre os empreendimentos sociais, buscando soluções para problemas, desde que sejam rentáveis. Por exemplo, empresas como a Nestlé, Unilever e Danone já estão se reposicionando como empresas de nutrição de saúde. Cada empresa deve fazer associações com algo que seja relacionado ao seu serviço.

Outros exemplos são Nissan e Toyota, que oferecem mobilidade e baixas emissões, enquanto a IBM e a Intel se preocupam com a educação e com o cuidado da saúde. Criar esse tipo de valor compartilhado é uma missão social que deve inegrar a cultura corporativa da empresa e ser disseminada por entre os canais, subordinados, parceiros e clientes, a fim de incorporá-la a sua realidade.

Criação do valor compartilhado

O importante é que o valor compartilhado esteja associado com o valor original da empresa. Reconhecer qual o ponto principal e a imagem que a empresa deseja passar é a forma mais importante para orientar e desenvolver um caminho condizente com os objetivos.

Após a criação do valor compartilhado, é preciso direcionar a organização para que esse propósito social seja parte da realidade da empresa. E isso deve ser realizado com iniciativas e ações que reforcem esse aspecto como uma tradição. É comum que esse tipo de desafio leve um tempo até conseguir de fato reforçar tal ideia. Após a sua incorporação, o marketing e a imagem da empresa ficam muito mais fortes.

Combine a tradição com o reconhecimento e as novas oportunidades de mercado, na tentativa de buscar agregar valor e propor soluções criativas para o desenvolvimento social. Tais propósitos devem estar presentes e enraizados na Instituição.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*