Técnicas de negociação: 7 dicas

tecnicas-de-negociacao-7-dicas.jpgDesenvolver técnicas de negociação ajuda o profissional a melhorar sua eficiência e garantir bons resultados. Veja aqui alguns motivos para você dominar e melhorar essas técnicas!

Importância da negociação

A negociação é fundamental para as organizações, ela ocorre tanto na sua estrutura interna, na interação com pessoas, planos, medidas e funções, quanto no sistema externo, com mercados, fornecedores e tecnologias.

É através de técnicas aprimoradas, de comunicação e negociação, que é possível melhorar o desempenho das organizações. Uma das funções mais importantes da negociação é aumentar a receita de vendas em uma empresa ou ajudar a conseguir preços justos, reduzindo custos em compras de matéria prima ou serviços.

Poupar e aumentar o lucro são duas preocupações importantes para uma empresa se manter no mercado. Gestores e executivos precisam dominar as melhores técnicas de negociação, pois é disso que depende o sucesso na sua carreira. Através de uma boa negociação é possível abrir novos mercados, desenvolver parcerias estratégicas e fazer a diferença no seu nicho de atuação. Os resultados das negociações afetam diretamente tanto as organizações como os indivíduos.

Técnicas de negociação: 7 dicas que você precisa saber

Com a globalização e a acirrada concorrência, as organizações precisam estar preparadas para implantar técnicas de negociação ousadas e criativas.

Veja algumas técnicas de negociação que vão fazer a diferença no seu negócio:

  1. Colaboração criativa: O negociador deve buscar novas maneiras de conseguir alcançar seus resultados. A colaboração é uma forma positiva. Busque trabalhar em cooperação com outras áreas e com outros profissionais. Essa troca favorece a criatividade e, com isso, a parceria para estabelecer novas ideias ganha forma e pode ser aplicável nas negociações.
  2. Liberdade de escolha: Toda negociação deve acontecer naturalmente, o cliente ou o possível alvo deve ter liberdade de escolha. A pressão exagerada pode afastar a possível venda. O importante é reforçar o seu diferencial em relação aos demais concorrentes. Garanta a negociação, usando o diferencial.
  3. Confiança: Vença a concorrência e ganhe espaço nas negociações sendo firme e estabelecendo a confiança como parâmetro. Faça com que seu produto ou serviço seja visto como único aos olhos dos seus clientes. Essa tática é importante e contribui para o bom fechamento das negociações.
  4. Compromisso: Procure estabelecer um compromisso com o cliente e esteja sempre por perto para oferecer melhores oportunidades e acompanhar a satisfação ou novas necessidades que possam surgir.
  5. Objetivos: Independente das metas traçadas pelas organizações, todo negociador deve ter a sua própria meta. É aconselhável sonhar alto e definir metas que superem as expectativas.
  6. Requisitos: Antes de começar de fato a negociação, busque conhecer todos os requisitos e necessidades do seu cliente, essa é a melhor artimanha para conseguir oferecer o melhor produto ou serviço. Ao negociar, relacione as características do seu negócio com as necessidades do prospect.
  7. Concessões:  Procure negociar dentro de uma margem segura de lucro, nada de ficar dando descontos ou oferecendo aquilo que no final será prejudicial, tanto em sua comissão quanto para a organização.
Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

COMENTÁRIOS

  1. Davide Ventura diz:

    Obrigado pelas belas dicas.

DEIXE SUA OPINIÃO

*