4 Conselhos profissionais que não devemos seguir

4-conselhos-nao-devemos-seguir.jpgOs profissionais de sucesso são aqueles que trilharam seu próprio caminho  e não necessariamente seguiram as convenções. E então, você está disposto a deixar os conselhos padronizados de lado e pensar fora da caixa?

Os mais ousados conquistam um lugar diferente, mas por que então continuamos a seguir conselhos que não condizem com nosso planejamento de carreira?

4 conselhos que não devemos seguir

1.    As empresas não querem contratar alguém que muda muito de emprego.

É comum ouvir dizer que as organizações não querem  contratar profissionais que estão propensos a trocar de empregos? Infelizmente esse é um dos conselhos presentes no nosso dia a dia.

Entretanto, vivemos uma era onde empregos estáveis não são a maioria e, por isso, a média de tempo que um profissional passa em uma empresa é em torno de 4,4 anos.

Ficar com receio de largar um emprego que não gosta só por medo de não conseguir um emprego no futuro é bobagem. A vida é curta demais para passar os nossos dias fazendo uma atividade que não gostamos. Por isso, aproveite para buscar oportunidades e desafios que sirvam como motivação e orgulho para sua carreira.

2.    Sempre contribua para uma reunião

Esse é outro conselho bastante presente na nossa rotina. Seja criterioso, se o que tens a falar é realmente útil e pertinente ao assunto, então sim, faça sua contribuição. Se o que vai dizer é coletivo e acrescenta então deve partilhar. Mas, se for algo individual, ou não tem certeza do quanto é substancial, então é melhor ouvir e ficar em silêncio.

Nem toda reunião é realmente produtiva ou uma oportunidade para dizer o que pensa. Existem momentos para tudo, é preciso despertar a maturidade para descobrir o melhor momento para expor uma opinião  ou levantar polêmicas.

3.    A remuneração é mais importante

Dinheiro é essencial, e é claro que precisamos dele para sobreviver, mas ainda não é tudo.

Quando falamos sobre carreira e vida profissional é melhor ter um plano bem elaborado e aceitar novos desafios que estejam alinhados com os nossos interesses. Encontre algo pelo qual é apaixonado e realmente aproveite para desfrutar seus dias de trabalho.

4.    Seja o primeiro sempre

Ser o primeiro em tudo não é realmente a melhor opção.

O trabalho duro e a jornada bem aproveitada é importante, mas exagerar, e tornar-se um workaholic pode ser prejudicial para sua vida. Cuide da sua vida pessoal e familiar. Tente afastar-se de comportamentos obsessivos.

Quem é viciado em trabalho pode ter graves problemas de saúde e com o tempo passa a ter uma redução no desempenho, contribuindo para o absenteísmo.

É melhor ousar e seguir um plano individual, para garantir que o seu sucesso profissional do que seguir conselhos que não funcionam para todos!

Entrevista de emprego: 5 respostas inteligentes

entrevista-respostas-inteligentes.jpgParticipar de uma entrevista de emprego pode ser estressante, mas sempre agrega algum conhecimento, mesmo que a resposta não seja positiva. Esteja preparado para lidar com perguntas difíceis, afinal, o recrutador está ali para tentar conhecer e revelar todas as informações que o candidato tenta esconder.

Entrevista profissional

Sempre que somos convidados para uma entrevista de emprego, um pouco de ansiedade aparece. Também existem entrevistas que são voltadas pra conhecer como determinado candidato vai reagir em determinadas situações.

Quem tem pouca experiência, deve Leia mais…

Inovar é preciso: 4 pontos estratégicos

inovar-preciso-4-pontos-estrategicos.jpgQuem nunca ouviu a expressão “Isso não vai dar certo”. “Em time que está ganhando não se mexe”. “Melhor não alterar nada”. “Pra que mudar?”  É comum encontrar dificuldade para alavancar as mudanças e deparar-se com profissionais que estão se arrastando em suas posições, sem demonstrar o mínimo de interesse em mudar ou inovar.

Afinal o que é status quo?

Já ouviu falar em status quo? Sabe o significa? Status quo é uma expressão abreviada de um termo em latim, que significa que tudo está no mesmo estado que antes, ou seja tudo permanece igual.

O termo é usado para definir o estado das situações. No mundo corporativo é comum o uso desse termo, principalmente paraLeia mais…

Mudanças organizacionais em 5 passos

mudancas-organizacionais-5-passos.jpgAntes de iniciar qualquer mudança é importante identificar os influenciadores em sua organização, pois eles são os profissionais que irão ajudar a empurrar o projeto e qualquer mudança. Esses profissionais precisam receber orientação diferenciada. Saiba reconhecê-los e terá uma excelente ferramenta de desenvolvimento e mudanças organizacionais em suas mãos.

Cuidado com as mudanças organizacionais

As pessoas têm diferentes personalidades e lidam de maneiras diferentes com as mudanças, podem demonstrar indecisão, ser negativas ou positivas.  Como fazer, então, com que os funcionários aceitem as mudanças organizacionais de forma positiva, ao invés de temê-las? Mesmo com toda a experiência de um executivo, é Leia mais…

Entrevista de emprego: 10 dicas para reduzir o estresse

entrevista-de-emprego-10-dicas.jpgComo gerenciar o estresse e a pressão durante a entrevista de emprego? Os desafios e o estresse devem ser encarados como parte da vida, por isso aprenda a manter seus objetivos em primeiro plano e desvie de tudo aquilo que tira o foco. Algumas atitudes positivas contribuem, como ferramentas para reduzir toda a carga imposta pela pressão que pode aparecer durante os processos seletivos e até mesmo na rotina profissional.

Como lidar com o estresse durante entrevista de emprego?

Já foi comprovado cientificamente que uma parte do estresse é positivo para o ser humano, pois através dele acabamos sendo impulsionados a produzir mais e melhor. Porém, em excesso é prejudicial, é preciso equilíbrio. Mas, como conseguir manter-se calmo e sereno diante de uma entrevista de emprego que pode mudar o rumo da nossa vida?

A entrevista de emprego é um momento essencial para atingir os objetivos profissionais. Nessa situação, Leia mais…

Modelo de carta de demissão: formalizando o pedido

modelo-de-carta-de-demissao-pedido.jpgQuer pedir demissão e não sabe como fazê-lo? O processo de demissão deve acontecer naturalmente e a carta de demissão é uma ferramenta formal e sensata para transmitir seu pedido.  Jamais jogue com o seu futuro ou coloque sua reputação profissional em questionamento. Procure não confundir negociação salarial com ameaça de demissão.  Se achar que existe insatisfação por qualquer motivo, procure conversar com seus superiores, antes de partir para uma decisão mais drástica. Caso sua opção seja pelo desligamento, você pode utilizar o modelo de carta de demissão que preparamos para formalizar seu pedido.

Vai pedir demissão?

O pedido de demissão só deve ser realizado após uma profunda reflexão e certeza da saída. Antes de fazer o pedido formal, veja se essa é a melhor decisão para sua carreira. Caso seja, aproveite então para planejar o seu pedido e escolher um modelo de carta de demissão que seja adequado para a situação.

Sempre que for usar um modelo de carta de demissão como o que vamos apresentar nessa pauta, o ideal é personalizá-lo conforme a situação e, antes de entregá-lo, é de extrema importância realizar Leia mais…

Mudança de emprego: quando evitar

mudanca-de-emprego-quando-evitar.jpgExistem momentos inoportunos! Todo profissional deve conhecer quais são os piores momentos para realizar uma mudança de emprego. Conhecer bem a sua área e como o mercado está respondendo em relação às oportunidades, são fatores importantes que ajudam a fazer escolhas melhores.

Mudança de emprego: 6 cuidados antes de pedir demissão

  1. Não mude de emprego quando a economia estiver com problemas: É preciso ser paciente para permanecer em um emprego quando o mercado está se comportando de maneira insegura. Acompanhe as oportunidades de trabalho e as taxas de desemprego dentro da sua área de atuação. Só opte pela mudança de emprego seLeia mais…

7 Lições estratégicas para pequenas e médias empresas

7-licoes-estrategicas-pequennas-empresas.jpgAtravés das estratégias utilizadas por grandes corporações, pequenas e médias empresas podem aprender e buscar um novo olhar diante dos mesmos problemas que vem assombrando a realidade do mercado, baseada em crises econômicas, alta concorrência e dificuldade de empreender. Destacamos 7 lições estratégicas, a partir do caso microsoft x sony, apresentado pela Harvard Business School.

O Case Microsoft x Sony

Quem consegue nutrir maior criatividade sai na frente no mercado e conquista clientes fiéis e que acompanham o crescimento e desenvolvimento das marcas. A Harvard Business School, em 2008, demonstrou um estudo de caso que discute o lançamento do vídeo game Playstation3 que revolucionou o mercado para a marca Sony, do qual selecionamos importantes lições estratégicas para quem deseja conquistar o mercado e fidelizar clientes.  A empresa, que já apresenta sucesso em diversos produtos eletrônicos, conquistou o mercado e saiu na frente de marcas poderosas na área, como o Nintendo Wii.

Em seguida, apareceu a Leia mais…

Impulsionando seu negócio: especializar ou diversificar?

impulsionando-negocio.jpgNem sempre estamos dispostos a mudar o rumo do nosso trajeto. Mas, às vezes, a vida profissional toma um caminho oposto a tudo que planejamos e quando isso acontece é comum que o profissional sinta dúvidas, angústia ou medo, entre escolher diversificar seu negócio ou continuar no mesmo lugar.

Negócio próprio: como ter sucesso empreendendo

Em um mundo globalizado, onde as economias são afetadas e tudo muda rapidamente, o profissional deve se preparar para mudanças e não ter medo de fazer escolhas. Tudo muda e quem não acompanha essas mudanças acaba perdendo diferentes oportunidades para o crescimento. Quem arrisca, tem mais chances de conquistar boas oportunidades.

Quem deseja empreender, deve estar atento ao mercado e às variáveis que influenciam o seu negócio. Identificar os Leia mais…

Carreira: algo saiu errado? Aprenda com os erros!

carreira-aprenda-com-erros.jpgAntes de iniciar uma carreira, o jovem deve fazer uma vasta investigação sobre a futura área de atuação. A análise coerente da capacidade de exercer tal atividade e seu confronto com os conhecimentos que deve adquirir, contribuem para o sucesso da carreira. Ao realizar uma pesquisa rigorosa, as possibilidades aumentam.

Repensando a carreira: devo mudar de rumo?

Algumas pessoas demoram para se organizar e descobrir um rumo que seja prazeroso e rentável e acabam entrando no mercado com uma simples formação acadêmica e a incerteza de seguir em determinada carreira. Isso não é incomum, porém é preciso ficar atento. Se descobrir que essa não é a profissão que deseja, nãoLeia mais…