Sou líder, o que fazer agora?

sou-lider-agora.jpgEstá ocupando um cargo de liderança e tem dúvidas de como ser um bom líder e alcançar o sucesso na gestão? Não se desespere, são muitas dúvidas que permeiam a cabeça de um novato ao alcançar a liderança.  Da teoria à prática, nem tudo sai como conhecemos. Porém, com flexibilidade e a busca incessante por conhecimentos é possível lapidar a sua performance em um cargo de gestor.

Sou líder, e agora?

Não existem regras para a liderança. Claro que o bom líder está sempre atento em alinhar as situações cotidianas com a política corporativa e também os interesses profissionais e pessoais da sua equipe. Veja algumas competências que vão facilitar a sua gestão:

Segurança: Nada pior que um líder inseguro. O líder não tem que ser perfeito, mas tem que inspirar seus liderados, e por isso ele deve demonstrar segurança, sem ser arrogante ou ter medo de recuar um passo quando ele não souber qual direção seguir. Ele é o guia e deve ter consciência da sua função para fazer o melhor que pode.

Conhecimento: Ser o primeiro a ter todas as informações e acompanhar as mudanças tanto no mercado interno quanto externo, ajuda a conduzir melhor a equipe de trabalho, por isso, leia! Leia muito e busque especializar-se em uma área que contribua para o seu crescimento e da sua equipe.

Habilidades: Busque desenvolver novas habilidades e motivar a sua equipe na mesma direção. A evolução da sua performance e dos membros da equipe afeta diretamente os resultados alcançados. Uma equipe fortalecida e que caminha com os mesmos valores e ambições amplia as chances de sucesso.

Colaboração: Perceba que uma gestão bem sucedida vem através do esforço colaborativo da equipe. Desenvolver a capacidade dos seus subordinados em lidar com a parte humana, favorecendo a busca por melhores resultados é fator motivador. Inspire o espírito colaborativo, através de gestos gentis e empáticos.

Inesperado: Um líder deve preparar-se para lidar com as situações mais inusitadas. Algumas características facilitam ou dificultam as resoluções no cotidiano. Quanto maior for a capacidade do líder em lidar com o inesperado, maiores serão as chances dele evitar uma armadilha e se manter no cargo com maestria.

Inteligência emocional: Valorize e motive seus funcionários a desenvolverem a capacidade de lidar com suas limitações e emoções.  A maturidade emocional fortalece os vínculos e faz com que os profissionais consigam ver e entender situações sob um novo ponto de vista.

Tenha em mente que ser um bom gestor é conduzir seus liderados ao ápice da sua conduta profissional. Desenvolver pessoas e sua capacidade, construir o espirito colaborativo, atingir metas e trazer resultados são ações que devem ser desenvolvidas simultaneamente.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*