Segredos da liderança: simpatia e sucesso

segredos-lideranca-simpatia-sucesso.jpgO líder deve preocupar-se com questões individuais e também coletivas, equilibrando os resultados com as necessidades dos subordinados. Mas só isso não basta, é preciso um pouco mais! A simpatia e o sucesso são parâmetros observados na liderança eficiente, mas, afinal, é possível ter sucesso e simpatia juntos?

Simpatia x Liderança

Um dos principais parâmetros utilizados pelas organizações para medir o rendimento dos seus funcionários é a avaliação 360º, que ajuda a ter um panorama do perfil dos profissionais, analisando pontos de vistas diferentes, através dos colegas, subordinados diretos e gestores. A ausência de simpatia é um dos principais fatores citados como prejudiciais no crescimento de um líder.

O sucesso não é responsável por si só pela simpatia da liderança, porém,  já foi comprovado que: quanto maior a eficácia de um líder, maior é também o seu índice de simpatia junto aos seus liderados.

Existe também uma relação entre a eficácia da liderança e os resultados obtidos, como lucro, satisfação do cliente, envolvimento com os funcionários e produtividade. Todos os resultados acima da média devem fazer parte da busca na rotina de um líder.

Portanto, simpatia e sucesso caminham juntos e muito bem durante a vida profissional de um líder.  O índice de simpatia ajuda também a medir as habilidades interpessoais inerentes a uma boa liderança.

Roteiro para autoanálise

Se você tem dúvidas sobre a sua simpatia na liderança, é recomendado fazer uma autoanálise e preparar-se para ouvir feedbacks dos seus subordinados. Aprenda a ouvir e se importar com o lado construtivo das críticas.

Ao realizar a sua autoanálise, inclua observações em relação a:

  • Como é meu desempenho com a equipe: é bom, equilibrado ou tem algo que preciso melhorar junto a equipe?
  • Eu me preocupo com as questões e necessidades individuais dos meus subordinados?
  • Como anda a confiança da minha equipe? Eles confiam nas minhas decisões?
  • Consigo promover um nível de cooperação entre os membros da equipe?
  • Sou um exemplo ou sirvo de inspiração para a minha equipe?
  • Consigo ser honesto na hora de dar feedbacks? Sei ouvir meus subordinados?
  • Tenho disponibilidade e demonstro a minha preocupação com a equipe?
  • Sou coerente em relação ao que falo e faço?

Conheça suas habilidades e competências e saiba observar diferentes pontos de vista para saber se realmente você tem sucesso e simpatia na liderança. Esses dois fatores podem fazer a diferença nos resultados finais e na construção da sua carreira.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*