Processo seletivo: o candidato também avalia a empresa

processo-seletivo-candidato-avalia.jpgEmbora muitas empresas confiem no seu processo seletivo e na abundância de candidatos disponíveis no mercado, realizar recrutamentos para mão de obra especializada está cada vez mais complicado. Isso porque a entrevista de emprego é um caminho de mão dupla e se o processo seletivo não for bem elaborado, o recrutador corre o risco de perder tempo e não conseguir avaliar bons candidatos.

Processo seletivo e dificuldades de contratação

Embora os gestores considerem a entrevista como uma oportunidade para escolher os candidatos, é preciso ter consciência de que os melhores candidatos também estão selecionando a empresa em que desejam trabalhar. Isso ocorre principalmente quando os candidatos já possuem um trabalho, o que abre a possibilidade deles permanecerem em seu cargo atual. Mas isso não é uma regra! Muitas vezes o candidato pode estar em transição de emprego e mesmo assim analisar cuidadosamente a oferta que está sendo realizada, já que continuar a procurar pode ser uma opção. Isso costuma acontecer quando o mercado em determinada área está aquecido e com muitas ofertas.

As entrevistas de emprego são vistas como um processo de integração por muitos candidatos, por isso, eles buscam conhecer quais são as verdadeiras expectativas, quais os recursos que eles terão e, principalmente, como irá acontecer o planejamento e os primeiros dias de trabalho. Essas informações podem fazer a diferença entre a sua oferta e de seus concorrentes.

Como deve ser o processo seletivo?

É importante que a empresa demonstre respeito pelo candidato e faça um processo seletivo transparente e bem elaborado.

É uma falta de respeito a empresa ligar para o candidato e não ser clara quanto ao que ela busca, ou confirmar e conferir a pretensão salarial. Se isso ocorre na sua empresa, é preciso melhorar a qualidade do processo seletivo!

Quanto mais esclarecido e transparente for o processo, maiores serão as chances de conseguir fazer uma contratação positiva. Outro erro, comum e muito ruim para a organização, é o tempo gasto no processo seletivo e a longa espera que o candidato precisa passar.

O ideal é ligar para o candidato e já ter tudo planejado, principalmente o tempo gasto em cada etapa do processo seletivo. Se a empresa parecer desorganizada perante a visão do candidato, isso pode ser um fator decisivo para ele descartar a possibilidade de se unir à organização.

Para evitar erros, muitas empresas estão realizando etapas preliminares, que incluem entrevistas por telefone ou através de contato via rede social. Isso agiliza a checagem de informações e reduz os erros de contratação.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*