Um perfil de líder para cada faixa etária

perfil-lider-faixa-etaria.jpgÉ comum existir conflitos de gerações no cotidiano corporativo e grande parte deles acontece devido a conceitos equivocados que acabam ditando o perfil de alguns líderes e profissionais, mas que nem sempre são verídicos. Cuidado para não cair nessa armadilha e também para não se perder no meio dos estereótipos que a sociedade costuma criar. A melhor forma de evitar problemas é conhecer o perfil dos diferentes tipos de líder e fazer uma análise constante para lapidar os defeitos, transformando-os em qualidade.

Perfil de líderes

Vamos conhecer o perfil dos líderes e algumas dicas para se sair bem na no cargo de liderança.

Os líderes costumam ser divididos em 4 grupos etários: Líder Sênior, Baby Boomer, Geração X e Geração Y (Internet).

Líder Sênior (Acima de 50 anos): Esse profissional é aquele que já possui mais experiência e, geralmente, ocupa cargos estratégicos dentro da empresa.

Esse tipo de profissional ou é taxado como ditador ou não aparenta estar preocupado com a comunicação. Quem se enquadra nessa descrição deve se mostrar aberto às novas idéias e criar espaços para que a equipe possa dar opiniões.

É importante também demonstrar que está interessado na vida pessoal dos funcionários, para que seja possível conquistar a confiança deles e criar um ambiente menos robotizado.

Líder Baby Boomer (40- 49 anos): Essa é aquela idade onde o líder está desenvolvendo uma fidelidade com a empresa, pois ele busca estabilidade. Pode estar ocupando cargo de diretor ou de gerente.

O profissional que está nesse perfil deve se preocupar em estar atualizado e conseguir usar a sua bagagem para auxiliar os mais jovens.

O perfil pode ser visto como tirano ou como um profissional que tem preocupação excessiva com o status. Por isso, cuide do tom de voz ao falar com seus funcionários e estimule os seus subordinados para que eles pensem e tragam novas ideias para a organização e … cuidado para não exagerar no marketing pessoal.  

Líder Geração X (30-39 anos): Geralmente está preocupado em ter qualidade de vida e se preocupa em sobreviver dentro da organização, tendo uma postura reservada.

Um erro comum desses profissionais é valorizar excessivamente a qualidade de vida e com isso deixar o trabalho de lado. Cuidado! Apresente resultados e cumpra com os prazos. O comprometimento com a empresa não deve ser deixado de lado.

Líder Geração Y (25-29 anos): A principal característica desse profissional é a vontade de aprender. É ousado, não tem medo de arriscar e aceita mudanças com mais facilidade.

Um erro comum na liderança é se apresentar como uma pessoa que apenas se preocupa com a sua carreira. Por isso, compartilhe e troque os conhecimentos adquiridos e demonstre no dia a dia como é a postura de um bom líder.

O mercado tende a criar estereótipos em relação aos profissionais. Quem conhece esses modelos consegue evitar rejeições e melhorar a sua imagem.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*