Multitarefa e Produtividade

multitarefa-produtividade.jpgA multitarefa é um aspecto muito procurado pelas organizações, considerado crucial para a sobrevivência profissional. Mas, pode ser um vilão na sua rotina. Antes de generalizar, é preciso conhecer bem o seu perfil, pois a multitarefa pode beneficiar alguns profissionais e atrasar o rendimento de outros.

Competência: Multitarefa

Várias tarefas podem ser realizadas ao mesmo tempo, desde que elas não interrompam ou prejudiquem o fluxo do seu trabalho, interferindo no resultado final. Existem vários aspectos que devem ser observados nessa forma de trabalho:

  • Informações rápidas e críticas são favorecidas pelo sistema de trabalho multitarefa, pois o profissional consegue obter perguntas e respostas rápidas.
  • Ser um profissional multitarefa ajuda a reter atividades, evitando desviar a atenção de outros profissionais.
  • Cuide para não se distrair demais na tentativa de ser mais eficiente, o que importa é o resultado final. Bloqueie as interrupções que são desnecessárias.
  • Saiba ponderar a quantidade de atividades, de forma que elas beneficiem seus resultados e não o prejudique.
  • Quando uma tarefa está complicada de ser resolvida, é possível seguir para outra e deixar essa parada até surgir uma nova solução, assim o rendimento é maior e o profissional consegue refletir com tempo, buscando resultados diferentes.

Como obter bons resultados com multitarefa

Não somos máquinas e por isso não temos a obrigação de processar indefinidas tarefas continuamente, sem pausa.

Pausa: Por outro lado, a interrupção entre as tarefas pode ser uma forma saudável de conseguir ter uma rotina com ótimos resultados. A cada uma hora, é aconselhável fazer uma pausa, seja para um café, pra ir ao banheiro ou simplesmente para beber água.

Excesso: O fluxo de dados em excesso já não é aceito por profissionais produtivos e criativos, alguns recusam a submeter-se a tal rotina, pois é exaustiva.

Concentração: A concentração durante a execução das atividades é o diferencial para obter resultados cada vez melhores em um espaço menor de tempo.

Ritmo: Caso seja impossível fugir da multitarefa, o ideal é concluir uma tarefa e encerrar todas as ferramentas que fazem ligação com ela, fazer uma pausa e iniciar outra em seguida. Conheça o seu ritmo, faça uma lista das atividades que precisa executar, observe o tempo que perde com cada atividade e acompanhe durante um tempo para ver se é possível melhorar o ritmo.

É verdade que precisamos estar preparados para executar as multitarefas, mas precisamos ter equilibro emocional, físico e mental para conseguir bons resultados.  Se elas estiverem reduzindo o seu resultado, prejudicando sua produtividade e a qualidade de seu trabalho, é hora de parar ou mudar a sua forma de realizar as atividades.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*