Modelo de avaliação de treinamento

modelo-de-avaliacao-de-treinamento.jpgPara que a avaliação seja eficaz, o treinamento em si precisa ser adequado ao processo e ao público alvo. Por isso, considere o processo de desenvolvimento do treinamento como ponto de partida para essa tarefa. Um modelo de avaliação de treinamento pode ajudá-lo.

Ponto de partida para avaliação

Ao elaborar um treinamento é importante levar em consideração fatores que vão além do desenvolvimento das habilidades básicas ou qualificação necessárias para a organização. O importante é considerar o potencial individual dos participantes, os diferentes estilos de aprendizagem, a formação das pessoas envolvidas.

Quando o conteúdo busca favorecer o desenvolvimento de pessoas e não apenas uma habilidade específica, tende a ser muito mais proveitoso. E, nesse caso, o modelo de avaliação de treinamento a ser utilizado deve ter um conteúdo flexível e utilizar métodos que ajudem a implementar mudanças futuras.

Abra espaço para que o Feedback ocorra e conduza o processo final de desenvolvimento de pessoas. O modelo de avaliação de treinamento pode contribuir não só para organização, mas também para aumentar a confiança do participante do curso.

Pessoas comprometidas com a aprendizagem tendem a ser mais honestas em suas avaliações. Por isso, é importante definir bem a forma como esses testes e avaliações serão concebidos e conduzidos.

Um modelo de avaliação de treinamento: o que não pode faltar

Afinal, o que deve ter em uma avaliação de treinamento? Um modelo de avaliação de treinamento eficaz deve prover questões e espaços para conduzir os envolvidos a opinarem em diferentes esferas.

A avaliação não analisa apenas instrutor, professor e organização, mas também os participantes, conteúdo, material e disposição do treinamento. Por isso ela é tão importante!

Os alunos ganham com treinamento e a organização também. Quando conseguimos avaliar como as pessoas estão absorvendo tais conhecimentos e a sua aplicação prática, conseguimos melhorar a motivação e manter tais processos em funcionamento.

Aproveite algumas dicas de questionamentos que podem ser incluídos na avaliação:

  • Quais foram os pontos importantes alcançados com o treinamento?
  • O conhecimento adquirido será aplicado na sua rotina? Dê exemplos.
  • Ao rever o período de treinamento, qual a parte que lhe vem a mente e, na sua opinião, é a mais importante?
  • O material e a didática foram adequados e suficientes?

Essas perguntas são só alguns exemplos, o importante é sempre adequá-las ao seu público e, principalmente, à organização. Faça com que o treinamento tenha objetivos bem definidos e adequados.

Esclareça, desde o início, que o treinamento está sendo preparado com foco nos participantes e que o processo de feedback e avaliação do curso é parte deste treinamento e essencial para melhoria dos futuros treinamentos.

Explique a importância de uma resposta negativa vir acompanhada de sugestões. Abra o campo e o espaço para participação, de forma que o resultado seja positivo!

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*