Guia de preparação para entrevista

guia-preparacao-entrevista.jpgVocê já sabe porque alguém deveria te contratar? Essa pergunta é fundamental para ajudar na divulgação do seu perfil em qualquer entrevista de trabalho ou para ajudar você a ter novas oportunidades através da sua rede de contatos.

Estar preparado para a entrevista é fundamental

Alguns tópicos podem ser questionados durante a entrevista. Se você sente-se inseguro ao ser questionado, é importante analisar a sua vida profissional e pensar em possíveis perguntas e respostas que podem ser abordadas durante essa oportunidade. Veja algumas dicas:

  • Experiência difícil: É importante saber contextualizar fatos que aconteceram em sua vida profissional, como por exemplo explicar um problema ou uma situação complica vivenciada em um antigo emprego e como você se saiu bem dessa situação.
  • Tarefas e responsabilidades: ao falar sobre suas tarefas e rotina, exponha também as responsabilidades que faziam parte do seu cargo e as resoluções que eram propostas em cada etapa.
  • Conquistas: Os resultados devem ser apresentados, bem como a forma pela qual foi possível obter tais conquistas. Explique os resultados benéficos para a empresa, como aumento de receitas, satisfação dos clientes ou parceiros e use exemplos reais para reforçar tais parâmetros.
  • Motivos de contratação: Direta ou indiretamente a empresa pode perguntar qual o motivo pelo qual ela deve te contratar, ou seja, é nessa etapa que você deve responder quais são os diferenciais do seu perfil, explicando os motivos pelo qual a empresa deve dar uma oportunidade e confiar em seu perfil.
  • Postura corporal: É importante demonstrar uma linguagem corporal positiva e aberta, mostrando amigáve-sel. Observe o entrevistador, se ele inclinar-se na sua direção ou manter os braços abertos, faça o mesmo.
  • Objetividade: Procure manter o foco e responder aos questionamentos do entrevistador de forma objetiva. Se for possível, estabeleça igualdade através dos diálogos como interesses e experiências positivas e em comum, de preferência relacionados ao trabalho.
  • Fraquezas: Esse é um dos temas mais complicados e temidos pelos candidatos, mas saber a sua fraqueza e seus defeitos é importante e a empresa quer saber. Prepare uma resposta, você certamente vai precisar de uma e nada de ficar usando respostas usuais como perfeccionismo ou ansiedade. Seja criativo e honesto, use uma fraqueza trivial e não uma falha que pode prejudicar na contratação.
  • Avaliar o seu futuro gerente: Se a empresa encerrar a entrevista com a oportunidade de perguntas, não descarte-a, faça perguntas sobre seu futuro líder e a forma com que ele costuma trabalhar.  Use um tempo para avaliar seu futuro setor e chefe, afinal, a entrevista é uma via de mão dupla, a empresa o avalia e o candidato deve sim avaliar a empresa.
Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*