Desenvolvendo a autoconfiança

desenvolvendo-autoconfianca.jpg

Não importa o gênero do profissional, quem possui autoconfiança está muito mais perto do sucesso. Essa competência deve ser demonstrada nas atitudes, independente da sua autocritica. Na rotina, use seu conhecimento de tal forma que o impeça de transmitir insegurança.

Busca pelo autoconhecimento

Com um mercado onde o número de concorrentes está cada vez maior, os candidatos se sentem pressionados, mas não devem ter medo de assumir riscos diante de oportunidades que possam beneficiar a sua carreira.

A mudança no mercado profissional é tão grande que até a forma de relacionamento entre trabalhadores e empregadores é diferente. As empresas não esperam mais um relacionamento de longo prazo com seus funcionários. E, por outro lado, exigem múltiplas habilidades.

Os profissionais devem buscar a sua autoconfiança através de uma análise pessoal. Conhecendo o seu perfil e as suas limitações, fica fácil estabelecer quais competências precisam de investimento para evoluir.

Nem todas as dificuldades devem ser demonstradas no ambiente de trabalho, mas devem servir como parâmetros para buscar o desenvolvimento de novas competências e cursos que ajudem a aprimorar a autoconfiança.

Quanto maior for a capacidade do profissional de lidar com as situações estressantes, melhores serão as respostas e maior será seu crescimento profissional. Isso se relaciona com a percepção individual de cada profissional, com a sua capacidade de lidar com frustrações e dificuldades. Portanto, a autoconfiança tem relação direta com a eficácia.

Autoconfiança forma bons líderes

Os fatores pessoais e situacionais de um indivíduo influenciam seu papel como líder. A personalidade e os traços dos gêneros são características que contribuem para a eficácia desde papel.

Muitas vezes o profissional não é de fato o gestor da equipe, mas consegue através da sua capacidade, iniciativa, desenvoltura e persistência se destoar no meio dos demais profissionais e conquistar um papel de “líder emergente”, o que pode conduzi-lo rapidamente para assumir um papel oficial em um cargo que ofereça oportunidades de crescimento na sua vida profissional.

A busca pela autoconfiança deve ser reforçada através de outras competências que precisam ser desenvolvidas e aplicadas no dia a dia:

  • Demonstre entusiasmo na sua vida profissional.
  • Seja carismático na sua rotina.
  • Tenha uma comunicação clara.
  • Use seu pensamento estratégico.
  • Não tenha medo de tomar decisões.
  • Assuma riscos.
  • Promova a sua reputação.
  • Tenha um relacionamento ético com seus pares.

A autoconfiança é um elemento importante no conjunto de comportamentos que temos que desenvolver ao longo da carreira. Observe a si mesmo, trace novos objetivos e invista no seu desenvolvimento.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*