Currículo: dicas de formatação e redação

curriculo-formatacao-redacao.jpgA conquista de um emprego está atrelada a um conjunto de ações que devem ser executadas com maturidade e perseverança. Alguns passos são essenciais, incluindo a redação para currículos, cartas de apresentação, recomendação ou referência. O currículo deve impressionar o recrutador e abrir portas para a entrevista de emprego.

Organização de informações no currículo

O desenvolvimento de um currículo deve incluir: dados pessoais, resumo, formação acadêmica, experiência profissional e outras informações que sejam coerentes com o cargo que o candidato deseja ocupar.

Dados pessoais:  O preenchimento das informações nesse campo é essencial. Porém, é necessário cautela e alguns cuidados adicionais:

Se o currículo for entregue a desconhecidos, não insira seu endereço completo e também não é necessário colocar informações como CPF ou RG. Esses dados devem ser informados para a empresa, no decorrer do processo seletivo. Algumas informações devem ser esclarecidas no cabeçalho:

  • Insira seu nome completo;
  • Idade;
  • Casado ou solteiro;
  • Filhos;
  • Cidade;
  • Telefone de contato;
  • E-mail de contato.

O e-mail é um ponto importante, fique atento a alguns detalhes:

  • Crie um e-mail com seu nome e sobrenome.
  • O e-mail deve ser pequeno.
  • Jamais use apelidos ou palavras chulas nos endereços de e-mails.
  • Evite criar um endereço muito grande.

Resumo:  O resumo deve incluir informações combinadas sobre suas experiências, características pessoais e competências, de uma maneira que tornem seu currículo atraente aos olhos dos recrutadores.

Formação acadêmica:  Sempre inicie o currículo com a formação mais importante. Portanto, se você tem uma pós graduação, informe primeiro a maior titulação e insira,  abaixo, apenas as formações que façam a diferença no seu currículo. Nesses casos, o ensino médio e cursos básicos não devem ser inseridos.

Experiência profissional: Você deve escolher apenas as três últimas experiências, que tenham a ver com a vaga pleiteada, para serem inseridas. Essa dica é valiosa, especialmente para aqueles que tem uma vasta experiência. Quem possui pouca experiência na área em que deseja atuar, o melhor é investir na inserção de dados como estágios e projetos voluntários nos quais já atuou.

Outras informações: Outras informações só devem ser inseridas se realmente forem relevantes para a vaga que está pleiteando. Por exemplo, se você deseja atuar como pesquisador em uma indústria e você já participou de um projeto de iniciação cientifica, ou no desenvolvimento um projeto de pesquisa, insira essa informação no seu currículo, com detalhes sobre tempo de duração do projeto, publicações e demais detalhes pertinentes.

Formatação e Redação para currículo

Evite erros de digitação e de ortografia no currículo, pois isso é extremamente prejudicial. A inserção de informações inconsistentes, o uso de fontes extravagantes, o tipo de formatação e os títulos, são preocupações importantes.

Escolha um papel simples, básico e faça o seu currículo usando as normas cultas da língua portuguesa. Seja criativo ao inserir as informações e jamais entregue um currículo sem antes realizar uma revisão no formato e no português. O currículo deve ser impecável, afinal ele é o seu cartão de visita, que vai ou não abrir uma futura oportunidade.

Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*