7 Dicas para estimular a inovação e a criatividade

7-dicas-estimular-inovacao.jpgA inovação é uma estratégia essencial para o sucesso empresarial.  Mas, como tornar a empresa inovadora? Como transformar e embutir na organização o espírito empreendedor? Dúvidas como essas permeiam grandes e pequenas organizações. As mudanças devem ser inseridas de maneira que possam ser percebidas, vivenciadas e aceitas pela equipe.

Inovação como parte do processo

O pequeno ou médio empreendedor deve preocupar-se com a melhoria dos processos, buscar conhecer seus concorrentes, o mix de produtos que estão sendo lançados e o diferencial dos serviços. Através de observação e comparação é possível criar novas medidas para implantar no cotidiano corporativo.

A competitividade é fator motivacional para quem deseja inovar. Estimular o desenvolvimento de grandes desafios dentro da organização é parte do processo de inovação e, muitas vezes, a fonte de motivação surge da simples observação das falhas e melhorias elaboradas pela concorrência ou até mesmo dentro da própria empresa.

Temer a inovação pode ser um problema. Não espere a redução de lucros e a perda de clientes para inovar. Oferecer produtos de qualidade e criar processos que influenciem no preço do produto final são estratégias simples para  quem deseja inovar.

Pequenas ações reforçam a criação de uma política organizacional baseada na importância da inovação. Não faça mudanças exageradas ou bruscas na forma de liderar ou motivar, estabeleça as mudanças por etapas, para que sejam percebidas, sentidas e aceitas pelas pessoas.

Princípios de inovação

Os gestores, líderes e empreendedores devem desenvolver uma cultura de inovação que pode iniciar-se através do incentivo e encorajamento de pequenos atos no dia a dia, como por exemplo a gestão de tempo dos funcionários, o bom uso dos materiais e ferramentas disponíveis, entre outras ideias.

Veja algumas dicas e princípios de inovação para o seu empreendimento:

  1. Incentive a comunicação entre os funcionários, crie um ambiente de colaboração.
  2. Crie desafios dentro da organização, de forma que eles conduzam as pessoas em direção às prioridades. Pequenos incentivos favorecem esse processo.
  3. Atraia funcionários criativos e promova treinamentos que estimulem a criatividade e o conhecimento.
  4. Procure melhores matérias primas para desenvolver o seu produto.
  5. Desenvolva processos para fazer as mesmas coisas, porém de forma mais rápida e econômica. Mas, estabeleça limites e restrições em relação ao processo inovador, principalmente em relação a tempo, dinheiro e materiais.
  6. Deixe seus funcionários livres para encontrarem formas criativas de executar as tarefas diárias. Crie uma política de tolerância. Tolerar falhas encoraja o surgimento de ideias criativas.
  7. Conheça as perspectivas e competências de cada um, assim fica mais fácil designar tarefas e aproveitar as diferentes habilidades dos seus funcionários.
Sobre Vanessa Alonso

Mestranda em Ciências dos Alimentos na UNICAMP, pesquisadora, redatora, webwriter, blogueira, estudante de Marketing e curiosa. Possui experiência em outras áreas: área comercial (prospecção, vendas e liderança de equipe) e administrativa.
Perfil no Google+

DEIXE SUA OPINIÃO

*